Diabetes aumenta risco de infeções orais

Diabetes aumenta risco de infeções orais

Se sofre de diabetes tem maior probabilidade de desenvolver doenças da gengiva e do osso maxilar. Por conseguinte, está mais propenso a infeções que, se não forem tratadas, podem resultar em perda dentária.

Esteja atento e previna complicações!

Poucas pessoas têm conhecimento acerca da ligação entre a diabetes e a saúde oral e o perigo que a doença representa quando não existe acompanhamento médico adequado. Segundo dados da Direção-Geral da Saúde mais de um milhão de portugueses entre os 20 e os 79 anos sofre de diabetes, sendo que apenas 7% dos casos estão diagnosticados.

Qual a ligação com a saúde oral?

Os diabéticos estão mais suscetíveis a contrair infeções bacterianas e sendo a boca particularmente propensa ao desenvolvimento de bactérias, torna-se num terreno fértil para o aparecimento de doenças. Os diabéticos apresentam ainda uma diminuição na capacidade de combater os microrganismos que invadem o tecido gengival.

De que forma se manifesta?

Os diabéticos estão naturalmente mais predispostos a contrair doenças como a gengivite e a periodontite, cáries, problemas nas glândulas salivares e de sensibilidade. Além de estarem mais propensos a ter doenças das gengivas, estudos revelam que existe ligação entre as doenças gengivais e a diabetes, na medida em que estas podem interferir nos níveis de açúcar no sangue e agravar a doença.

Sinais de aviso:

– Abcessos frequentes

– sangramento regular das gengivas

– gengivas vermelhas

– mobilidade dental

Saiba como prevenir!

Os pacientes diabéticos precisam de adotar cuidados reforçados no que respeita à sua saúde oral, tais como: manter uma higiene oral adequada, através da escovagem diária e da utilização do fio dentário, fazer uma alimentação equilibrada, evitar fumar e consultar o dentista pelo menos duas vezes por ano.

De que está à espera?

Marque já a sua avaliação sem custos!

One Reply to “Diabetes aumenta risco de infeções orais”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.